“Uma boa fotografia é onde você está” (Ansel Adams)

Clearing Winter Storm, Yosemite Valley, California, ca. 1937

Fotógrafo norte-americano nascido em São Francisco, no início do século passado, Ansel Adams morreu em 1984, aos 82 anos de idade. Iniciou na fotografia aos 16 anos quando, durante uma viagem com a família, fotografou o Parque Nacional de Yosemite que se tornou sua fonte de inspiração.

Em 1922 foram publicadas as primeiras fotos e, em 1928, aconteceu a sua primeira exposição em São Francisco. Mas o marco de seu trabalho foram as duas fotos tiradas do Parque Yosemite, em Sierra Nevada, conhecidas como Monolight, the Face Of Hall Dome.

Monolith, the Face of Half Dome, Yosemite National Park, 1927

No mundo da fotografia, Adams dizia que “uma boa fotografia é onde você está”.  No entanto suas reflexões sobre iam mais além: “Você não faz uma fotografia apenas com a câmeraVocê traz para o ato de fotografar todas as fotos que já viu, os livros que leu, as músicas que ouviu e as pessoas que amou”.

Assim se delineou o universo do fotógrafo norte-americano que transformou a fotografia em arte pura, diferentemente dos trabalhos de outros fotógrafos como Henry Cartier-Bresson e Roberto Capa. Suas fotos de longa exposição com equipamentos mais pesados exigiam tripés e um posicionamento mais cuidadoso.

Sobre essa observação, em seu livro “A Câmera”, Adams toca nessa questão e comenta sobre o equipamento ideal: “prefiro mostrar a natureza de diferentes modelos de câmeras e seus recursos, esperando que o fotógrafo possa levar essas discussões em consideração no contexto de suas intenções e de seu próprio estilo”. Sobre o tema, Adams escreveu mais dois livros: “O Negativo” e “A Cópia”.

Mirror Lake, Morning, Yosemite National Park, 1928

Preciso em sua arte, ele detalha em seus trabalhos o rigor técnico na produção fotográfica, desde a escolha do equipamento, os ajustes precisos para a fiel reprodução da realidade. Ou seja, para Ansel Adams fotografar é reproduzir imagens espetaculares a partir do olhar e do espírito do fotógrafo. Em outras palavras, o estilo molda a técnica em fotografar adequando-a a criatividade do profissional.

Visite: www.jonasbezerra.com

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s