Punhobol reúne a nata no JASC

Um das mais antigas modalidades esportivas do Jasc foi precursora do voleibol

Hoje, iniciou as competições de punhobol, uma modalidade centenária no Brasil de influência alemã que conta com a participação de oito equipes divididas em duas chaves. Os jogos acontecem no Estádio da Reunidas e Florianópolis irá defender o título conquistado no ano passado, em Lages.

Na Chave A estão Florianópolis, Pomerode, Rio Negrinho e Balneário Piçarras, e, na Chave B, São Bento do Sul, Caçador, Blumenau e Joinville.

Na manhã de hoje aconteceram os primeiros confrontos: Florianópolis 2×1 Balneário Piçarras; Pomerode 2×0 Rio Negrinho; São Bento do Sul 2×0 Joinville; e, Caçador 0x2 Blumenau. Agora à tarde acontecem os seguintes jogos: Pomerode 2×1 Balneário Piçarras; e, Blumenau 0x2 São Bento do Sul.

“Hoje, o Brasil está entre as quatro forças do esporte no Mundo, juntamente com Alemanha, Suíça e Áustria. Aqui na América do Sul temos também a Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai”, afirma o técnico de São Bento do Sul, Valdir Simioni que será auxiliar técnico da Seleção Brasileira no Mundial que acontecerá em agosto de 2019, na Suíça.

Simioni foi técnico da Seleção Brasileira quando conquistou o bicampeonato mundial em 1997 e 2003, além da medalha de Ouro no World Game. Recentemente, em julho deste ano, como auxiliar técnico da seleção juvenil, foi campeão mundial nos Estados Unidos.

Foto: Jonas Bezerra

Próxima rodada

Amanhã (14), no Estádio da Reunidas, a partir das 9h, acontecem os seguintes jogos: Rio Negrinho x Florianópolis; Caçador x Joinville; Balneário Piçarras x Rio Negrinho; Joinville x Blumenau; Florianópolis x Pomerode; e, São Bento do Sul x Caçador.

História

As primeiras referências datam do século XVI, na Itália. Hoje, a Alemanha, Áustria e Suíça são os países em que o punhobol é mais desenvolvido. Brasil, Itália, Argentina, Dinamarca, Uruguai, Checoslováquia, Chile, Paraguai, Estados Unidos e Namíbia estão entre os países que participam dos campeonatos continentais e mundiais.

No Brasil

A referência mais antiga relata de maio de 1906, quando o professor alemão Georg Black introduziu o punhobol na Sogipa –  desde 1911 participa de várias competições. O esporte está concentrado nas regiões em que houve maior influência da colonização alemã: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro (Nova Friburgo) estão cerca de 100 equipes e mais de três mil praticantes no País.

No Jasc, a modalidade foi disputada pela primeira vez em 1963, em Joinville. De acordo com o pesquisador, Juliano Russi, o maior vencedor da competição é Blumenau com 22 títulos, seguido por: São Bento do Sul, 15; Joinville, 6; Florianópolis, 5; e, Pomerode,1.

Sobre a disputa

Quadra: um retângulo de 50m de cumprimento por 20m de largura; dividida por uma rede de 2,00 de altura para homem – e de 1,90m para mulheres –, além da linha de três para o saque.

Pontuação: até 11 pontos (sem vantagens); a vitória tem que ser por diferença de dois pontos indo até 15.

Disputas: cinco atletas por equipe (mais três reservas), havendo com defensor e batedor, em melhor de 3 ou 5 sets. Na jogada de três toques, o jogador pode tocar somente uma vez na bola.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s