Araraquara sedia grande festa do basquete feminino

Araraquara foi palco da grande festa do basquetebol feminino brasileiro. Na tarde deste sábado (8), o Ginásio de Esportes “Castelo Branco” – o Gigantão recebeu os principais nomes da modalidade no Jogo das Estrelas que disputam a Liga de Basquete Feminino (LBF). Continue lendo “Araraquara sedia grande festa do basquete feminino”

Anúncios

Araraquara será sede dos Jogo das Estrelas do Basquete Feminino

Evento homenageará as campeãs mundiais de basquete de 1994

Através de uma votação online envolvendo torcedores, imprensa, técnicos e capitãs das dez equipes que disputam a Liga Brasileira de Basquete Feminino (LBF/Caixa), foram escolhidas as 24 atletas para o Jogo das Estrelas 2019, Continue lendo “Araraquara será sede dos Jogo das Estrelas do Basquete Feminino”

Caçador conta sua história na cerimônia de abertura dos JASC

A cidade recebe a principal competição esportiva do Estado pela terceira vez; as duas primeiras foram em 1978 e 2012.

Foi uma grande noite a cerimônia de abertura dos 58º Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), na sexta-feira (7), em Caçador. De acordo com a Polícia Militar, mais de 10 mil pessoas estiveram presentes no Parque das Araucárias, local do evento e que contou ainda com o show da banda Jota Quest.

Esta é a terceira vez que o município sedia a competição (os JASC aconteceram na cidade em 1978 e 2012), que prossegue até no dia 16. O evento deste ano conta com a participação recorde de 121 municípios. Desde 2013, em Blumenau, a cerimônia não era realizada ao ar livre.

Na cerimônia foi apresentado o espetáculo que contou a história da cidade em três atos.

O primeiro contou como era rica – a floresta, com os índios habitando a região. Depois, a chegada dos primeiros habitantes, mostrou o conflito armado entre os caboclos defendendo a sua terra e os funcionários da linha férrea e da empresa colonizadora.

O segundo mostrou a chegada dos imigrantes através do trem, que auxiliaram no desenvolvimento do município. E, no terceiro os aspectos atuais de Caçador.

A parte oficial com a entrada de representantes dos 4,5 mil atletas e dirigentes, envolvidos nos JASC. Depois da execução dos hinos, o acendimento da pira olímpica ficou a cargo de Laurindo Nunes Filho, campeão da prova de 10 mil metros dos Jogos, bicampeão da maratona de São Paulo e quarto colocado do ranking brasileiro.

A presidente da Fesporte, Natália Lúcia Petry, enalteceu em seu pronunciamento a importância do professor de educação física, que é o responsável pela formação do atleta desde a base. “Sem eles não haveria esse tipo de competição”. Ela destacou que Santa Catarina ocupa lugar de destaque no cenário nacional.

O prefeito Saulo Sperotto lembrou que quando ocupava o cargo conseguiu que Caçador sediasse os JASC de 2012. A abertura oficial foi feita pela secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional de Videira, Girlene Borsoi.

Caçador, sede dos Jogos Abertos 2018

Em março aconteceu no Auditório da Uniarp, em Caçador, o lançamento oficial dos 58º Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC). Na ocasião, foram apresentados o mascote da competição – o Capi (uma capivara) –, a logo e o troféu transitório entregue a cidade campeã no geral.

Agora, faltando pouco menos de um mês – a maior competição do Estado acontece entre 6 e 16 de setembro – a Caçador sediará o evento pela terceira vez. A primeira foi em 1978 e a segunda em 2012. Para a realização do evento a cidade irá receber um repasse de R$ 2 milhões do Estado.

A expectativa é otimista para o acontecimento de um grande evento esportivo: “Queremos realizar evento que venha surpreender e envolver todos os caçadorenses. Certamente, serão os maiores Jogos Abertos da história de Santa Catarina”, salientou o vice-prefeito Alencar Mendes.

Os JASC são uma realização do governo de Santa Catarina por intermédio da Fesporte. Na etapa estadual, tem a parceria da prefeitura de Caçador.

“Investir em esporte é investir em saúde e qualidade de vida e, com estes grandes investimentos que virão do Governo do Estado para Caçador faremos muitas melhorias nas praças esportivas locais, que permanecerão como legado para a nossa comunidade”, destaca o prefeito Saulo Sperotto.

A cidade:

Com quase 80 mil habitantes, Caçador está localizado no meio-oeste do Estado, na região do Alto Vale do Rio do Peixe, a 385 quilômetros da capital Florianópolis. Sua economia é baseada na extração e na industrialização da madeira – araucária e imbuia. Hoje o município conta com algumas das maiores empresas no ramo madeireiro do sul do país.

Um dos pontos turísticos da cidade é a Ponte Antonio Bortolon, construída originalmente em 1924 toda em madeira com características da arquitetura colonial italiana. Foi a primeira ponte sobre o Rio do Peixe e liga Caçador ao distrito de Santelmo.

Os bicampeões dos Jogos Regionais

Araraquara sagrou-se a grande campeã dos 52º Jogos Regionais de Matão, pertencente à 5ª Região Esportiva do Estado. Ou melhor, a cidade foi bicampeã já que conquistara a edição anterior, em Sertãozinho.

Foto: Jonas Bezerra

Foi uma conquista acirrada. Depois de estar liderando na primeira metade da competição, a cidade foi superada por Franca e Ribeirão Preto. Porém, no último dia de competição, com várias modalidades lutando pelo título, a delegação araraquarense superou as rivais diretas e venceu por 313 pontos, contra 306,5 de Franca e 295 de Ribeirão Preto.

Várias modalidades coletivas conquistaram também o bicampeonato. Entre elas, o futsal feminino e masculino, ginástica artística fem, ginástica rítmica fem,  karatê masculino, vôlei feminino Sub20 e o vôlei masculino livre. Já o basquete foi campeão em 2017 na Livre e este ano no Sub20. Ao todo, Araraquara conquistou 11 Ouros, 15 Pratas e 7 Bronzes.

Destaques

Além de superação, determinação e garra, adjetivos da maioria dos atletas que participa de competições como os Jogos Regionais, dois foram os destaques de Araraquara nos Jogos e que simbolizam cada um dos mais de 400 atletas da cidade presentes ao evento.

O primeiro é a jogadora ROBERTA DAMACENO que, ao lado de sua parceira de vôlei de praia Isabel Cândido, lutou além do seu limite na busca de uma vaga à final. Embora a vaga não fora possível, o quarto lugar foi mais que especial para a dupla.

Roberta Damaceno, o esporte além do limite (Foto: Jonas Bezerra)

O segundo é o atleta do vôlei masculino, MARCOS ALMEIDA ESTEVES, ou simplesmente KALÉ. Aos 45 anos, ele foi um dos grandes responsáveis pela conquista da medalha de Ouro de sua equipe. Atuando como líbero, Kalé foi determinante na defesa e deu toda segurança aos companheiros em quadra com sua experiência. Ele possui uma das carreiras mais vitoriosas em Jogos Regionais: são 23 títulos conquistados.

Kalé, uma história no vôlei e 23 títulos de Jogos Regionais (Foto: Jonas Bezerra).

Vejam as conquistas de Araraquara na competição:

OURO – badminton fem; basquete masc Sub20; futsal fem; futsal masc; ginástica artística fem; ginástica rítmica fem; karatê masc; malha; vôlei fem Sub20; vôlei masc; e, xadrez fem Sub20.

PRATA – biribol; capoeira fem; capoeira masc; damas mista; futebol fem; ginástica artística masc; handebol masc Sub20; judô masc; natação fem; natação masc ACD; taekwondo fem; tênis fem Sub20; tênis fem; e, tênis de mesa masc.

BRONZE – basquete fem; ciclismo fem; ciclismo masc; futebol masc; karatê fem; taekwondo masc; e, xadrez masc.

4º LUGAR – atletismo masc ACD; judô fem; natação masc; e, vôlei de praia fem.

5º LUGAR – atletismo masc; e, bocha.

6º LUGAR – atletismo fem; atletismo fem ACD; handebol fem Sub20; e, tênis masc.

8º LUGAR – vôlei de praia masc.

Clique aqui e veja o QUADRO DE HONRA e a CLASSIFICAÇÃO GERAL

GALERIA DE FOTOS

Festival da Gastronomia Inverno começa nesta segunda (30)

Serão três semanas do Festival da Gastronomia Inverno 2018 – 30 de julho a 19 de agosto – para que os gourmets de plantão e os apreciadores da boa gastronomia possam degustar os melhores pratos dos estabelecimentos de Araraquara.

Um Festival que nos remete ao clima nostálgico e aconchegante do inverno, à ambientes românticos, luz de vela para com pratos requintados elaborados exclusivamente para o evento.

Foi nesse clima que o Festival de Gastronomia foi preparado pela revista Leia Tour, no ano em que comemora 20 anos.

O intuito principal é  o de levar às famílias aos mais diferentes estilos de degustação, onde as casas participantes oferecem uma boa entrada, prato principal e sobremesa nos valores que variam de R$ 19,90 a R$ 54,90.

Mais informações: http://www.festivaldagastronomia.com.br

WordPress.com.

Acima ↑